Cuidados com o diabetes

Por: Aiane Benevide Sereno, nutricionista/CRN8-7284

Quando falamos de doenças Influenciadas por hábitos alimentares é impossível não lembrar do diabetes. O Diabetes Mellitus tipo 2 é uma doença caracterizada pelo nível elevado de glicose (açúcar) no sangue, atinge a maior parte da população brasileira, independente de sua classe social. Segundo a Organização Mundial da Saúde essa perspectiva só tende a crescer.

Embora o diabetes quando adquirido possa causar diversas complicações, podendo levar até a morte, por que continua não sendo tratado com seriedade?

Apesar dos sintomas apresentados, eles podem ser facilmente despercebidos como: urinar com frequência, sensação de fome, sede, cansaço e visão turva. Em alguns casos, estes sintomas podem ser silenciosos por até seis anos diminuindo a percepção de sua gravidade em que os indivíduos acabam incorporando uma alimentação com alto teor de carboidratos (massas, doces, molhos prontos, refrigerantes, salgadinhos, biscoitos e açúcares) sem preocupação.

O fracionamento de seis refeições diárias é fundamental, associado à práticas de atividades físicas e uma alimentação balanceada. Quando um indivíduo permanece muito tempo sem comer, provavelmente sua próxima refeição será altamente calórica e em grande quantidade, levando-o a uma sobrecarga glicêmica, por isso, o fracionamento das refeições de 3 em 3 horas em pequenas quantidades é o mais recomendado.

Para cada pessoa há uma quantidade de ingestão de carboidrato diária a ser consumida, de acordo com a idade, sexo, atividade física e predisposição genética. Se você quiser saber um pouco mais procure um profissional nutricionista, ele poderá te ajudar.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro + 10 =