SAÚDE VISTORIA QUINTAIS E ORIENTA MORADORES DO VITÓRIA RÉGIA

Moradores do conjunto Vitória Régia, na CIC, receberão a partir desta quinta-feira (14/3) a segunda etapa da ação Curitiba Sem Mosquito deste ano. A ação é parte das estratégias da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) para evitar criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya.

Até domingo (17/3), os moradores vão receber visitas dos agentes de endemia, que farão vistoria nos quintais e darão orientações sobre a limpeza dos terrenos, separação de lixos e entulhos, como armazená-los e colocá-los em frente das casas para serem coletados.

Nas próximas segunda (18/3) e terça-feira (19/3), caminhões do departamento de Limpeza Pública da Secretaria Municipal do Meio Ambiente vão passar pelo local para recolher os entulhos.

“É importante que a população colabore recebendo os agentes, seguindo as orientações e mantenha a rotina de cuidados para evitar criadouros do mosquito”, afirma a secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak.

Moradores do conjunto Vitória Régia, na CIC, receberão a partir desta quinta-feira (14/3) a segunda etapa da ação Curitiba Sem Mosquito deste ano.
Foto: Daniel Castellano/SMCS

Como identificar

Os agentes de endemia da Secretaria Municipal da Saúde usam camiseta azul clara, boné, calça e jaqueta azul marinho. Todas as peças, assim como o crachá de identificação, levam a logomarca da Prefeitura de Curitiba. Eles não usam jalecos brancos.

Em caso de dúvida, é possível pedir a identificação do profissional e ligar para o 156 para checar se ele é um agente de endemias. A Central 156 tem a lista de todos os profissionais.

Soma de esforços

Durante o verão, as altas temperaturas combinadas à umidade resultante das chuvas frequentes criam condições favoráveis para a reprodução do mosquito. Portanto, é fundamental manter o hábito da limpeza semanal dos quintais e não acumular água parada.

“Não podemos descuidar do nosso ambiente, principalmente com a perspectiva de dias mais quentes”, diz a coordenadora do Programa Municipal de Controle do Aedes, Tatiana Faraco. “Precisamos fazer uma soma de esforços entre o serviço público e a população para conseguir manter a dengue longe da nossa cidade”, complementa.

Balanço

A primeira etapa do Curitiba Sem Mosquito deste ano foi realizada no Atuba e no Bairro Alto, em fevereiro. Foram recolhidos 58.940 kg.

Este é o terceiro ano que a Prefeitura promove os mutirões Curitiba Sem Mosquito, com a coleta de entulho nos dez distritos sanitários da cidade. Em 2017 e 2018 foram mais de duas mil toneladas de lixo recolhido em toda a cidade.

Segundo o Levantamento Rápido de Índice para Aedes aegypti (LIRAa) de 2018, a capital atingiu o índice zero de infestação pelo mosquito. “Esse resultado só foi possível com essas ações de prevenção. Nosso objetivo é mantê-lo em 2019”, diz a secretária.

Via SMCS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 5 =