VITÓRIA RÉGIA, VILA VERDE E CAIUÁ RECEBEM MUTIRÃO CURITIBA SEM MOSQUITO

Compartilhe!

Para evitar criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zyka e chikungunya, três regiões da CIC recebem nos próximos meses uma intensificação nas ações de combate ao vetor. Desta quinta-feira (24/10) a 3 de dezembro as regiões, Vitória Régia, Vila Verde e Caiuá terão etapas do Mutirão Curitiba sem Mosquito.

O mutirão é uma ação integrada entre as secretarias municipais da Saúde (SMS) e do Meio Ambiente (SMMA), e vai contar com o apoio das secretarias municipais da Defesa Social, Educação, Segurança Alimentar e Nutricional, Fundação Cultural, Fundação de Assistência Social, da Administração Regional CIC e dos conselhos locais de saúde.

A primeira etapa começa nessa semana no Vitória Régia. Na quinta-feira (24/10) e sexta-feira (25/10), os moradores recebem visitas dos agentes comunitários da Secretaria Municipal da Saúde orientando que tipos de materiais podem ser descartados – tudo o que, ao relento pode acumular água e ser usado como criadouro pelo mosquito Aedes aegypti – e explicam que o entulho e lixo devem ser deixados em frente às casas para serem recolhidos.

No início da próxima semana, segunda-feira (28/10) e terça-feira (29/10), os caminhões do departamento de Limpeza Pública da Secretaria Municipal do Meio Ambiente passam pela região para recolher os entulhos.

Soma de esforços

A coordenadora do Programa Municipal de Controle do Aedes aegypti, Tatiana Faraco, enfatiza que é preciso contar com o apoio da população na luta contra o mosquito.

“Curitiba tem feito grandes esforços para manter-se longe da dengue, zika e chikungunya, mas é preciso que toda a população faça sua parte. Cuidados simples bastam para que o mosquito não se reproduza”, explica Tatiana.

 

O supervisor do Distrito Sanitário CIC, Cleverson Fragoso, orienta que as coletas serão realizadas em áreas com maior risco. “São regiões com histórico da presença do vetor e que apresentam grande quantidade de materiais acumulados”, diz.

Para ele é essencial para os bons resultados, que a população colabore. “Nós identificamos que no Vitória Régia 90% dos focos registrados foram em imóveis residenciais, e que podem ser evitados”, conta.

Nas casas, vários pontos podem acumular água e devem ser checados pelos moradores. “O ideal é que seja feita uma vistoria a cada sete dias”, lembra Tatiana. Esse é o período que os ovos evoluem para larvas e se transformam em mosquitos.

Curitiba Sem Mosquito

Os mutirões Curitiba sem Mosquito fazem parte do Programa Municipal de Controle do Aedes aegypti, que durante todo o ano tem ações de fiscalização e orientação para prevenir a dengue e outras doenças transmitidas pelo mosquito.

Este é o terceiro ano que a Prefeitura promove o Curitiba Sem Mosquito. Desde o início foram recolhidos mais de 2 mil toneladas em resíduos das casas dos curitibanos.

Só neste ano foram coletados mais de 280 toneladas de entulhos nas regionais Boa Vista, Boqueirão, CIC, Portão, Pinheirinho, Cajuru e Tatuquara.

Próximas etapas

Vila Verde: 9/11 a 12/11
Caiuá: 31/11 a 3/12

Como combater o mosquito Aedes aegypti

1 – Mantenha caixas, tonéis e barris de água tampados.
2 – Coloque o lixo em sacos plásticos e mantenha a lixeira sempre bem fechada.
3 – Não jogue lixo em terrenos baldios.
4 – Ao guardar garrafas de vidro ou plástico, mantenha sempre a boca para baixo.
5 – Não deixe a água da chuva acumular sobre a laje.
6 – Encha os pratinhos ou vasos de planta com areia até a borda.
7 – Se for guardar pneus velhos, retire toda a água e mantenha-os em locais cobertos, protegidos da chuva.
8 – Limpe as calhas com frequência, evitando que galhos e folhas impeçam a passagem da água.
9 – Lave pelo menos uma vez por semana, com água e sabão, recipientes utilizados para guardar água.
10 – Os vasos de plantas aquáticas também devem ser lavados com água e sabão, toda semana. É importante trocar a água desses vasos com frequência.

 

 

Via SMCS

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 + um =