ALUNOS DA REDE PÚBLICA APRENDEM SOBRE SAMBA E CARNAVAL NO PARQUE DOS TROPEIROS

Compartilhe!

Cerca de 500 curitibinhas aprenderam sobre o samba e a importância do Carnaval para a identidade cultural dos brasileiros, embalados por muita música e alegria, na tarde desta segunda-feira (17/2), no anfiteatro do Parque dos Tropeiros, na CIC.

O espetáculo Iniciação ao Samba – Uma Viagem Através do Samba, encenado por atores caracterizados e acompanhado por músicos do Conservatório de Música Popular Brasileira de Curitiba, fez uma viagem a partir do gênero musical até a celebração do Carnaval e a identificação do samba como a expressão musical urbana mais expressiva dos brasileiros.

“Lembramos aqui todos os que um dia na cadência do samba mostraram que gostavam da música, do Brasil e que viram no Carnaval a grande expressão cultural e da grandeza da alma brasileira. A aula é para manter no coração do curitibinhas a visão de que o samba é parte da grande alma do brasileiro”, disse o prefeito Rafael Greca.

A peça lembrou grandes nomes do samba como: Cartola, Pixinguinha, Chiquinha Gonzaga, Adoniran Barbosa, Ary Barroso, Zé Keti, Heitor dos Prazeres, Noel Rosa, Lamartine Babo, Paulinho da Viola e Martinho Vila. “Aprendemos que o Lápis – Palminor Rodrigues Ferreira – era curitibano e uma pessoa importante para a música”, conta orgulhosa Milena Costa Romano, de 10 anos.

As crianças cantaram e sambaram acompanhados do cortejo real do Carnaval de Curitiba, o rei Momo, Felipe Júnior Oliveira de Souza Frausino, a rainha Jéssica de Almeida Barbosa e as princesas Joyce Kelly Alves Ramiro dos Santos e Edna dos Santos Souza.

Valter Eidt Schorner, de 8 anos, disse ter se divertido muito com o grande baile formado no fim da apresentação. “Foi muito divertido sambar e aprender passinhos com o Rei Momo”, disse.

Participaram do evento a Banda Lyra Curitibana, o administrador regional da CIC, Raphael Keiji; o diretor artístico da Fundação Cultural, Édson Bueno, e a secretária municipal da Educação, Maria Sílvia Bacila. As escolas que participaram foram: Albert Schweitzer, Álvaro Borges, Maria Do Carmo Martins, Joaquim Távora e Otto Bracarense Costa.

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 − sete =