APP TRANSFORMA “LIKES” EM RENDA

Compartilhe!

A campanha foi desenvolvida pela ONG Desabafo Social em parceria com a plataforma ItsNoon visando estimular doações durante a pandemia de coronavírus

Por: Mariana Lima / Observatório do Terceiro Setor

Uma parceria entre a organização não governamental Desabafo Social e a plataforma ItsNoon, ambas criadas na Bahia, visa estimular as doações para as periferias durante a pandemia de coronavírus.

De acordo com a proposta, as pessoas entram na rede através do aplicativo Noon e criam desafios colocando um valor a partir de R$ 100 neles. Os desafios são perguntas.

Quem resolver participar, ao entrar pode encontrar perguntas como essa: “Como gerar renda sem sair de casa?”. As pessoas que fazem parte da rede respondem com ideias propositivas que podem ser curtidas por outros usuários.

Cada like nas respostas equivale a R$ 1 – ou a um “girassol”, moeda da plataforma –, e os valores podem ser sacados uma vez na semana pelos participantes, gerando renda através da interação online.

Além desta ação, uma equipe filtra ideias e propostas para distribuir valores de cada desafio, visando alcançar quem está mais vulnerável. A campanha conta com o apoio das cantoras Jennifer Nascimento e Ju Moraes e da atriz e ex-BBB Gleici Damasceno, que como embaixadoras vão lançar perguntas na plataforma colocando R$ 15 mil iniciais.

A empreendedora e produtora de conteúdo Monique Evelle criou a Desabafo Social em 2011, com 16 anos. Com a parceria com a plataforma, ela pretende criar desafios direcionados a quem está sendo diretamente impactado economicamente pelo coronavírus, como agentes culturais e autônomos.

Em entrevista ao ECOA, site do UOL, ela comentou sobre a proposta da ação. “Queremos pensar soluções em conjunto para problemas reais, e, ao mesmo tempo, gerar renda, porque não adianta só fazer textão nas redes sociais sem isso ser convertido em dinheiro para quem precisa”.

Além das trocas na plataforma, a Desabafo Social também firmou parceria com o Fundo Baobá – fundo brasileiro voltado à promoção da equidade racial para a população negra para remunerar iniciativas comunitárias em áreas de risco nos estados do Rio de Janeiro e São Paulo.

Ambos irão selecionar ideias – músicas, poesias, vídeos ou outras manifestações que beneficiem as comunidades – a partir da partir da plataforma.

Entre os critérios de seleção estão o caráter emergencial para conter o contágio, reduzir a sensação de isolamento ou resolver problemas financeiros imediatos. O desafio ficará aberto até a distribuição de todo o recurso aportado.

O aplicativo Noon pode ser baixado gratuitamente, e qualquer pessoa, maior de 18 anos, pode acessar a rede e postar desafios.

Fonte: ECOA – UOL | Desabafo Social

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × 2 =