Escola comemora 50 anos no Nossa Senhora da Luz

Compartilhe!

Inaugurada em 1967, três gerações já passaram pela escola

Segunda unidade mais antiga da rede municipal de ensino, a Escola Nossa Senhora da Luz dos Pinhais, na CIC, completa 50 anos.Inaugurada em 30 de junho de 1967, na gestão do prefeito Omar Sabbag, o equipamento foi o primeiro a atender às necessidades de escolarização dos moradores da nascente vila de mesmo nome – o primeiro conjunto habitacional inaugurado pela Cohab-Ct (Companhia de Habitação de Curitiba) e o terceiro do País. O nome foi escolhido para homenagear os fundadores do povoado. Muita gente chamava a unidade carinhosamente de Grupão, numa referência aos antigos grupos escolares.

As 2,1 mil famílias beneficiadas – inicialmente vindas de ocupações irregulares começaram a chegar no ano anterior e precisavam matricular seus filhos em uma escola. A unidade com 18 salas e 70 professores ajudou os recém-chegados a se adaptar e cuidar do novo ambiente. Gerações de alunos na família da aposentada Terezinha da Silva Nunes já são três gerações de alunos da escola. A começar por ela, que frequentou as aulas do antigo Mobral (Movimento Brasileiro de Alfabetização) à noite. “Terminei o ‘Ginásio’ assim”, conta, referindo-se à antiga denominação da segunda parte do Ensino Fundamental.

Ao mesmo tempo, os três filhos de Terezinha – Rosilda, Rogério Inácio e Regiane frequentavam o ensino regular. O mesmo se repetiu com os sete netos. Muitos já são adultos, mas Isabella, de 8 anos, filha de Rogério, está no 4º ano. Também entre os professores estão vários ex-alunos e pais de ex-alunos. É o caso de Eliane do Vale, estudante na década de 1970 e educadora há 20 anos no local. A filha Juliane frequentou a unidade entre 1997 e 2000. A foto da então aluna Eliane tirada há 43 anos está em um dos murais que celebram o meio século de vida da escola. Outra ex-moradora da vila e ex-aluna da escola, a professora de Ensino Religioso Selma Mariete de Moura estudou nas mesmas salas de aula onde hoje leciona entre 1969 e 1970. Como professora, voltou à unidade em 1991 e não saiu mais. “A comunidade de moradores e todos os que trabalham aqui valorizam e respeitam muito a escola”, afirma a diretora Joselaine Chaves Coelho, há 24 anos na Prefeitura. Prova disso é a estrutura física da escola que, visivelmente antiga e diferente das unidades atuais, é bem conservada. Até móveis e equipamentos – como armários e o sino de ferro da época da inauguração – estão lá. Com a abertura de outras escolas no entorno, o público da Nossa Senhora da Luz diminuiu.

Hoje são 436 alunos no ensino regular (manhã e tarde) e 219 no integral (contra turno ou turno complementar), que frequentam as atividades na unidade anexa. A equipe é composta por 48 professores, dois inspetores, duas merendeiras, duas auxiliares de secretaria e quatro de limpeza.

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × 2 =