Alunos dos CMEIs Oswaldo Cruz e Nova Barigui participam do programa Linhas do Conhecimento

Compartilhe!

Esta quarta-feira (22/8) foi dia de aula sobre a cidade para um grupo de crianças de Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs). Eles foram recebidos pelo prefeito Rafael Greca no Palácio 29 de Março, sede do governo municipal. Outros 240 estudantes de sete escolas municipais tiveram aulas de campo na Praça Rui Barbosa, no Centro.

As atividades fazem parte do programa Linhas do Conhecimento, que transforma Curitiba em livro didático, com aulas de campo em museus, parques, pontos turísticos e faróis do saber, ampliando as oportunidades de aprendizado dos participantes.

“A Prefeitura é a casa de vocês. Aqui os curitibinhas mandam”, disse o prefeito. Greca contou a história da fundação da cidade e distribuiu revistas do personagem Curitibinha, que aborda, em quadrinhos, a história do município.

Crianças dos CMEIS que participam das atividades do programa Linhas do Conhecimento, visitam a Prefeitura. Foto: Pedro Ribas/SMCS

“Vocês precisam ler, pedir para as professoras contarem sobre nossa história, ler em família, pois nada se compara a um cérebro que lê”, ressaltou o prefeito.

No período da manhã participaram crianças do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEIs) Oswaldo Cruz. À tarde, o CMEI Nova Barigui.

A secretária municipal da Educação, Maria Sílvia Bacila, destacou a importância do programa Linhas do Conhecimento. “Conhecer e amar a cidade de origem é fundamental para cuidar bem dela”, observou a secretária.

A dupla Yasmin Tadeu e Caio Gouvêa pediu que o prefeito autografasse o livro Curitiba – Luz dos Pinhais, escrito por ele e que é utilizado em atividades desenvolvidas no CMEI Oswaldo Cruz. “Este encontro concretiza boa parte do trabalho desenvolvido no CMEI para que as crianças se sintam cidadãos de direitos e deveres”, comentou a pedagoga a unidade, Danielle do Valle.

“Gostei de conversar com o Greca. É ele que olha para as coisas que fazem na cidade para ela funcionar”, disse Caio Gouvea.

Jorge de Oliveira, 5 anos, do CMEI Nova Barigui, foi o primeiro a abraçar o prefeito, na visita da tarde. “Eu adorei vir aqui”, contou. O que Jorge mais curtiu foi a apresentação do palhaço. “Que dia feliz”, resumiu o menino.

Jorge de Oliveira. Foto: Lucilia Guimarães/SMCS

Anna Victoria Gonçalves e Tayler Lunardon entregaram ao prefeito uma carta coletiva, com desenhos e mensagens escritas por toda a turma. “A gente disse obrigado e falou que quer que ele vá ao nosso CMEI”, contou Tayler.

O prefeito recebeu ainda quadros, desenhos e cartinhas escritas pelas crianças.

Centro do poder

A rota do Palácio 29 de Março é especial para o programa Linhas do Conhecimento, pois torna a sede do executivo municipal um espaço lúdico, com inúmeras possibilidades de aprendizagens. Denominada Brincando na Prefeitura, a atividade é uma proposta organizada a partir do currículo da Educação Infantil da rede municipal para estimular o protagonismo da criança, a interação e o cuidado como pontos fundamentais para o desenvolvimento.

As crianças interagem com as obras de arte expostas nas salas e corredores do prédio, conhecem os ambientes de atendimento ao público, participaram de atividades de contação de história.

Foto: Lucilia Guimarães/SMCS

As turmas desta quarta-feira percorreram estações montadas com brinquedos, a maioria construídos pelas professoras e pelas crianças nas creches, que recriam ambientes como circo, escritório, espaço para literatura e interação com a natureza.

A diretora do Departamento de Educação Infantil da Secretaria Municipal da Educação, Kelen Collarino, frisou a importância da prática realizada na Prefeitura. “Ao aprenderem sobre a cidade, sobre seu funcionamento, eles desenvolvem o sentimento de pertencimento. Além disso, conhecer a Prefeitura, um dos principais símbolos da cidade, faz as crianças terem interesse de conhecer também outros espaços”, disse Kelen.

Linhas na Praça

Enquanto as crianças pequenas aprenderam e se divertiram na sede da Prefeitura, outros 240 estudantes das Escolas Municipais Vila Torres, Noely Simone de Ávila, Caramuru, Mirazinha Braga, Professor Brandão, Batel e Dom Manuel D’elboux participaram de uma aula de campo na Praça Rui Barbosa, no Centro.

O lugar, um importante centro de conexão de transporte público e que abriga o Mercado Central, está cercado por prédios históricos, como a Santa Casa da Misericórdia e a Igreja Bom Jesus.

Os estudantes participaram de oficinas de circo, de confecção de sacolas reaproveitando camisetas velhas e de DJ, com o grupo Arquivo Negro Rap Nacional. Também assistiram a contações de histórias e conheceram o Expresso Solidariedade, o ônibus adaptado da Fundação de Ação Social (FAS) que funciona como um refeitório móvel. Ele circula pela cidade para a distribuição de refeições a pessoas em situação de vulnerabilidade.

Foto: Lucilia Guimarães/SMCS

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze + 16 =