EM MEIO À PANDEMIA DE CORONAVÍRUS, REGIÕES DA CIC FICAM SEM ÁGUA

Compartilhe!

Por Larissa Santin

Segundo a Sanepar, alguns bairros de Curitiba ficariam com abastecimento prejudicado no último fim de semana, devido à combinação de estiagem e alto consumo dos últimos dias – 1,7 milhão de litros por hora acima da média –, que prejudicou a recuperação dos níveis dos reservatórios.

Os bairros afetados seriam: Abranches, Ahú, Atuba, Bacacheri, Barrerinha, Bigorrilho, Boa Vista, Bom Retiro, Cabral, Cachoeira, Campo de Santana, Cascatinha, Caximba, Centro Cívico, CIC, Ganchinho, Juvevê, Mercês, Pilarzinho, Santa Cândida, São Francisco, São João, São Lourenço, Sítio Cercado, Tatuquara, Tingui, Umbará e Vista Alegre.

O abastecimento deveria ser normalizado gradativamente na manhã de hoje (16/03), porém moradores da CIC queixam-se de falta de água.

É o caso de Rosimery Luiz, 54 anos, moradora do Vitória Régia. Ela conta que o abastecimento parou na manhã de domingo e até o momento presente (16:30h) a água não voltou.

“Eu só tenho uma caixa d’água que já esvaziou, desde cedo estou sem nada.”

Para Ruth Bernades, cabelereira de 45 anos, também moradora do Vitória Régia, a falta de água atrapalha diversos aspectos da vida, além de causar preocupação em relação ao coronavírus.

“Eu já não sei o que faço. Minha mãe tem 80 anos, idosa, usa fralda. Hoje meu irmão precisou levar ela pra casa dele para dar banho, fazer comida. Eu fico muito preocupada, temos que ter cuidado com esse novo vírus e a água é o item principal. Agora sem isso… a gente fica sem ter o que fazer. Pra não dizer que não tem nada, eu tenho uma garrafinha de água para beber. Hoje eu tinha uma cliente para fazer progressiva, tive que desmarcar.”

Moradores da Vila Verde e Nossa Senhora da Luz afirmam que o abastecimento normalizou na manhã de hoje.

Segundo os moradores, as comunidades Primavera, 29 de março, Dona Cida e Tiradentes também estão sofrendo com o abastecimento. Desde quinta-feira a população está sem água durante o dia. O fornecimento volta no período da noite por algumas horas.

“A gente está desde quinta com um problemão grave de água aqui. Está bem escasso mesmo. Ontem não teve água, hoje também não, estamos aguardando pra ver se a noite vem. As pessoas já estão se preparando, guardando água para fazer comida. Outros dizem que nem tem onde guardar. Tá bem complicado aqui.”, conta Neia Bacilli, liderança comunitária / Dona Cida

 

 

 

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 4 =