PÓ E LAMA SAEM DE CENA EM RUAS DA CIC

Compartilhe!

Características do pavimento de saibro, a poeira dos dias secos e a lama em tempo de chuva estão deixando de existir em 17 ruas que servem os bairros da Regional CIC. São 5.056 metros de extensão de vias totalmente requalificadas, com obras de pavimentação asfáltica e implantação de sistema drenagem, que incluem a construção de galerias de águas pluviais, bocas de lobo e meio-fio.

Na Estrada Velha do Barigui, que liga os bairros São Miguel e CIC, um trecho de 452 metros entre as ruas Doutor Mário Jorge e Palmenses já havia recebido as melhorias, em 2019 e 2020. Nesta terça-feira (4/5), outro trecho com mais 365 metros conectando as ruas Doutor Mario Jorge e Lauro Schereiber estava ganhando a base do asfalto novo que virá em seguida. A infraestrutura de drenagem já foi instalada.

Motorista de ônibus aposentado e com residência fixada na Estrada Velha do Barigui desde 2005, Jaciro Vieira dos Santos está feliz com o andamento do trabalho.

“Está ficando muito bom. Logo que colocarem o asfalto ficará perfeito. Mas, já estou muito contente com a galeria de água da chuva. A enxurrada não traz mais a sujeira aqui para a frente da minha casa e não está alagando”, avaliou Jaciro Vieira dos Santos.

Assim como a parte da Estrada Velha do Barigui que ficou pronta, de acordo com o secretário municipal de Obras Públicas, Rodrigo Rodrigues, outras cinco antigas ruas de saibro na área de abrangência da Administração Regional CIC e seus 1.994 metros também estão com as intervenções concluídas. As ruas Pedro Driessen Filho, Lins de Vasconcelos, Ludovico Kaminski, Eurico Julio Bettega e Jornalista Pedro Viana não são mais empoeiradas e enlameadas.

“Moradores, pedestres e motoristas que utilizam essas ruas encontram mais segurança e conforto. As obras não só melhoram as vias, mas também valorizam os bairros. Por isso, o trabalho continua em 2.610 metros de outras 11 ruas e em mais um trecho da Estrada Velha do Barigui”, disse Rodrigo Rodrigues.

Obras em andamento

A área verde de convivência que ladeia a Rua Antônio Dionísio Sobrinho ficou ainda mais convidativa com a revitalização da via. Os 111 metros entre a Avenida Juscelino Kubitschek de Oliveira e a Estrada Velha do Barigui foram drenados e pavimentados. O trabalho está prestes de ser concluído por completo.

Morador da região há 18 anos, Maurício José Barbato passeava com seu animal de estimação nesta terça-feira (4/5) pela Rua Antônio Dionísio Sobrinho e aprovou as modificações já feitas.

“Toda a benfeitoria favorece a população e a boa conservação do parque aqui ao lado incentiva os moradores a caminhar e relaxar. As obras estão 100% aprovadas”, apontou Maurício José Barbato.

Os serviços também estão em andamento na Travessa Atagil Soares Peixoto e nas ruas Evilázio Oliveira, Francisco Szurek, Deputado Ernesto Moro Redeschi, Manoel Manfredini, Luiz Carlos Maciel, América Latina, Mario Dybas, Natálio Scussiato e Juarez Bertolini.

Trabalho aprovado

A Rua Natálio Scussiato passou pelas fases de implantação do sistema de drenagem e do novo pavimento asfáltico. Agora, nos 204 metros contados a partir da esquina com a Rua Ezequiel da Costa Ribeiro e que seguem até o fim da via estão sendo regularizadas as margens e sendo feito o plantio de grama.

Davidson Pinheiro Viana tem a sua casa há 12 anos na Rua Natálio Scussiato e enxerga as obras como a realização de um sonho. Para ele, qualquer transtorno vivido durante a realização da obra vale a pena.

“Antes, por algum tipo de receio ou medo, os entregadores não vinham até o portão da minha casa. Hoje, a história mudou e ficou tudo mais tranquilo. Acabou a sujeira, ficou mais seguro e bonito”, relatou Davidson Pinheiro Viana.

O dia a dia de trabalho no barracão da Rua Juarez Bertolini que recebe e seleciona produtos recicláveis não será mais o mesmo. É o que pensa Terezinha de Jesus, que há cerca de dez anos presta serviços no local.

“Nossa, com as melhorias que estão sendo feitas na rua está mais fácil de trabalhar. Não entra mais pó no barracão e a lama deixou de incomodar. Está ficando ótimo”, apontou Terezinha de Jesus.

Na Rua Juarez Bertolini, as obras alcançam os 261 metros entre a Avenida Juscelino Kubitschek de Oliveira e a Rua Álvaro Maravalhas. Para o serviço terminar, só falta a pintura da sinalização horizontal.

 

 

 

Via SMCS
Foto: Ricardo Marajó / SMCS

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × três =